Fale conosco

Nome *

Telefone

Empresa

E-mail *

Área *

Mensagem *

Repita o código de segurança ao lado *

captcha

Search
1
33.5
18.75
Atlanta, EUA

Sede (Corporativo):

GranAPI LLC
255 Lenox Rd, NE#750,
Atlanta, GA 30326, USA

 

Biorefinarias:

Unidade Thomaston
300 McIntosh Parkway
Thomaston, GA 30286, USA

Unidade Alpena
412 Ford Avenue
Alpena, MI 19707, USA

1
74.75
30.75
São Paulo, Brasil

Sede

GranBio Investimentos S.A.
Av. Brig. Faria Lima, 2277, 15º andar, Conjunto 1503, Jd. Paulistano,
São Paulo, SP, CEP 01452-000, São Paulo, SP
+55 11 2739-0500

1
65.75
32.375
Alagoas, Brasil

Planta Industrial

BioFlex Agroindustrial.
Faz. São João, s/n – Zona Rural
57.249-899 – São Miguel dos Campos – AL – Caixa postal 14

Estação Experimental

Biovertis Produção Agrícola Ltda.
Fazenda Andorinha, Rod. AL 220 s/n, KM 6,5,
São Miguel dos Campos, Zona Rural, AL, CEP 57180-000

Telefones

Sede

+55 11 2739.0500

 

27 de Março de 2018

América Latina é palco de debate sobre recursos hídricos durante Fórum Mundial da Água

Por GranBio

Recursos hídricos são debate em Fórum Mundial da Água

Edição do Fórum Mundial da Água reuniu públicos diversos em palestras, feiras e exposições em Brasília.

O 8º Fórum Mundial da Água, que aconteceu entre 18 e 23 de março, colocou a sustentabilidade em debate no Estádio Mané Garrincha e no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. De acordo com o governo, foram investidos mais de R$ 25 milhões nessa edição do Fórum Mundial da Água, com a expectativa de que o evento pudesse atrair mais de R$ 40 milhões à capital. Turistas do Brasil e do mundo ocuparam 80% das vagas do setor hoteleiro, gastando também com alimentação, transporte e passeios a pontos turísticos com o objetivo de aproveitar o máximo de atrações possível no 8º Fórum Mundial da Água.

A programação do 8º Fórum Mundial da Água ofereceu diversas atrações, como palestra gratuita, feiras e exposições para adultos e crianças. Cientistas, políticos, representantes de movimentos sociais e representantes da Organização das Nações Unidas (ONU) participaram em peso como palestrantes e/ou participantes dos debates sobre o tema água.

O presidente da Associação Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Miroslav Lajcák, e a diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, além de 10 chefes de Estado, foram algumas das autoridades que participaram das palestras. Em primeira mão, a ONU levou ao Fórum Mundial da Água a nova edição do Relatório Mundial das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento dos Recursos Hídricos (WWDR), que defende que soluções baseadas na natureza também podem colaborar para a melhoria da qualidade da água e do abastecimento, não sendo reservatórios, canais de irrigação e estações de tratamento de água os únicos instrumentos disponíveis para a gestão hídrica.

O dia 22 de março foi institucionalizado pela ONU como o Dia Mundial da Água. Entre os objetivos da ONU para a comemoração da data e temas de debate estão a busca por estratégias de preservação e restauração ambiental que possam proteger o ciclo da água e melhorar a qualidade de vida da população. Daí a importância de colocar sustentabilidade em debate. Para Denise Hamú, Representante da ONU Meio Ambiente, que foi palestrante durante o Fórum, "a nossa sobrevivência depende da saúde do planeta, e só temos um para cuidar”.

Fonte: Correio Braziliense

 

 

Os temas publicados neste blog são de curadoria do presidente e CEO da GranBio, Bernardo Gradin.