Fale conosco

Nome *

Telefone

Empresa

E-mail *

Área *

Mensagem *

Repita o código de segurança ao lado *

captcha

Search
1
33.5
18.75
Atlanta, EUA

Sede (Corporativo):

GranAPI LLC
255 Lenox Rd, NE#750,
Atlanta, GA 30326, USA

 

Biorefinarias:

Unidade Thomaston
300 McIntosh Parkway
Thomaston, GA 30286, USA

Unidade Alpena
412 Ford Avenue
Alpena, MI 19707, USA

1
74.75
30.75
São Paulo, Brasil

Sede

GranBio Investimentos S.A.
Av. Brig. Faria Lima, 2277, 15º andar, Conjunto 1503, Jd. Paulistano,
São Paulo, SP, CEP 01452-000, São Paulo, SP
+55 11 2739-0500

1
65.75
32.375
Alagoas, Brasil

Planta Industrial

BioFlex Agroindustrial.
Faz. São João, s/n – Zona Rural
57.249-899 – São Miguel dos Campos – AL – Caixa postal 14

Estação Experimental

Biovertis Produção Agrícola Ltda.
Fazenda Andorinha, Rod. AL 220 s/n, KM 6,5,
São Miguel dos Campos, Zona Rural, AL, CEP 57180-000

Telefones

Sede

+55 11 2739.0500

 

7 de Março de 2018

Família adota consumo consciente e quase não produz lixo há 10 anos

Por GranBio

Família produz menos lixo para reduzir impactos no meio ambiente

A mãe da família se tornou referência do "green living", além de precursora do movimento "Zero lixo".

 

Quanto lixo você produz diariamente? Mensalmente? E em um ano? Se você não faz ideia, saiba que, atualmente, cada brasileiro gera em torno de 1kg de lixo por dia. São Paulo é o estado com maior volume de resíduos.

Além dessa grande produção, há o agravante de que os brasileiros, em geral, não têm consumo consciente e não garantem que seus resíduos tenham o destino adequado. Pouco mais da metade do lixo coletado é descartado om o objetivo de passar por algum tratamento que seja menos agressivo ao meio ambiente.

Já na casa de Bea Johnson, escritora francesa, a história é completamente diferente. Ela, o marido e dois filhos adolescentes produzem uma quantidade quase zero de resíduos ao adotar o consumo consciente. Para você ter uma ideia, eles conseguem guardar em um único pote de vidro - de 1 litro - todo o lixo produzido pela família toda dentro de um ano.

Em entrevista à BBC Brasil, Bea explica que iniciou uma pesquisa sobre sustentabilidade e, há 10 anos, mudou completamente a forma de consumir dela própria e de toda sua família. O frasco de vidro, citado anteriormente, contém apenas aquilo que, de fato, não pôde ser reciclado ou compostado.

Ao longo de todo esse tempo de consumo consciente, a escritora se tornou referência do "green living", além de precursora do movimento "Zero lixo". Sobre esse assunto em específico, inclusive, chegou a escrever um livro que já foi traduzido para 20 idiomas.

Bea conta que tudo começou quando se mudaram para São Francisco e precisaram deixar 80% das suas coisas em um depósito enquanto procuravam pela casa ideal. Ao utilizar apenas o que era estritamente necessário, perceberam que o restante não fazia uma falta real no dia a dia. Se desfizeram desses itens e a partir daí adotaram um novo estilo de vida, com menos impactos ambientais causados pelo lixo.

Além da contribuição ao meio ambiente, o gasto familiar ainda foi reduzido em 40%. A casa foi equipada com painéis solares e sistema de coleta de água. Compras? Só adquirem algo para substituir outro item e, de preferência, sem embalagem. Você acha que conseguiria?

Fonte: BBC Brasil

 

 

* Os temas publicados neste blog são de curadoria do presidente e CEO da GranBio, Bernardo Gradin.