Fale conosco

Nome *

Telefone

Empresa

E-mail *

Área *

Mensagem *

Repita o código de segurança ao lado *

captcha

Search
1
33.5
18.75
Atlanta, EUA

Sede (Corporativo):

GranAPI LLC
255 Lenox Rd, NE#750,
Atlanta, GA 30326, USA

 

Biorefinarias:

Unidade Thomaston
300 McIntosh Parkway
Thomaston, GA 30286, USA

Unidade Alpena
412 Ford Avenue
Alpena, MI 19707, USA

1
74.75
30.75
São Paulo, Brasil

Sede

GranBio Investimentos S.A.
Av. Brig. Faria Lima, 2277, 15º andar, Conjunto 1503, Jd. Paulistano,
São Paulo, SP, CEP 01452-000, São Paulo, SP
+55 11 2739-0500

1
65.75
32.375
Alagoas, Brasil

Planta Industrial

BioFlex Agroindustrial.
Faz. São João, s/n – Zona Rural
57.249-899 – São Miguel dos Campos – AL – Caixa postal 14

Estação Experimental

Biovertis Produção Agrícola Ltda.
Fazenda Andorinha, Rod. AL 220 s/n, KM 6,5,
São Miguel dos Campos, Zona Rural, AL, CEP 57180-000

Telefones

Sede

+55 11 2739.0500

 

13 de Março de 2018

Países iniciam movimento por conscientização ambiental contra canudos de plástico

Por GranBio

Países iniciam movimento contra canudos de plástico

Com vida útil curta para uso, mas muito longa para o meio ambiente, os canudos de plástico se transformaram em um sério problema.

Centenas de anos! Esse é o período que leva até que os canudos de plástico desapareçam do meio ambiente. Isso acontece porque esses canudos, geralmente, são produzidos com polipropileno e poliestireno, que não são considerados material biodegradável. Além do tempo de poluição ao meio ambiente, os canudos de plástico também podem se desintegrar em pequenos pedaços que acabam sendo ingeridos por animais.

Em alguns países, essa conscientização atinge um nível de urgência. Segundo dados do programa Fantástico (G1), nos Estados Unidos, por exemplo, são utilizados cerca de 500 milhões de canudos por dia. De acordo com o grupo Ocean Conservancy, cerca de oito milhões de toneladas de plástico vão parar no mar por ano.  E o pior de tudo é que estamos falando sobre um item comum do dia a dia, mas que não é -  nem de longe - algo considerado essencial à sobrevivência.

Por conta disso tudo é que o mundo todo começa a se movimentar contra esse problema ambiental. Na Califórnia, por exemplo, as campanhas de conscientização focadas na população e, principalmente, nos proprietários de bares, restaurantes e afins, já mostra resultados. Inclusive, há um projeto de lei em tramitação que prevê multas de US$ 1.000 ou até seis meses de prisão para funcionários de estabelecimentos comerciais que ofereçam canudos de plástico aos seus clientes. Eles não teriam o uso banido, mas seriam oferecidos apenas quando solicitado pelos frequentadores do local.

Mas e o Brasil nesse cenário? Um dos primeiros a aderir ao movimento por aqui foi o Zazá Bristrô, que abriu mão do plástico desde 2014. Atualmente, outros estabelecimentos já adotaram iniciativas do canudo reutilizável, como o Naturalie Bistrô, que substituiu canudos de plástico pelos de inox, ou o Ganjah Lapa, onde os visitantes bebem em um copo próprio produzido em Santa Catarina.

Se você também quiser começar a fazer parte dessa caminhada em prol do meio ambiente, enquanto não temos uma opção biodegradável em grande escala, que tal fazer a sua parte tendo sempre por perto um canudo reutilizável ou dando preferência para apreciar suas bebidas em copos de vidro?

Fonte: Hypeness, O Globo e Fantástico (G1)

 

 

 

 

* Os temas publicados neste blog são de curadoria do presidente e CEO da GranBio, Bernardo Gradin.