Fale conosco

Nome *

Telefone

Empresa

E-mail *

Área *

Mensagem *

Repita o código de segurança ao lado *

captcha

Search
1
33.5
18.75
Atlanta, EUA

Sede (Corporativo):

GranAPI LLC
255 Lenox Rd, NE#750,
Atlanta, GA 30326, USA

 

Biorefinarias:

Unidade Thomaston
300 McIntosh Parkway
Thomaston, GA 30286, USA

Unidade Alpena
412 Ford Avenue
Alpena, MI 19707, USA

1
74.75
30.75
São Paulo, Brasil

Sede

GranBio Investimentos S.A.
Av. Brig. Faria Lima, 2277, 15º andar, Conjunto 1503, Jd. Paulistano,
São Paulo, SP, CEP 01452-000, São Paulo, SP
+55 11 2739-0500

1
65.75
32.375
Alagoas, Brasil

Planta Industrial

BioFlex Agroindustrial.
Faz. São João, s/n – Zona Rural
57.249-899 – São Miguel dos Campos – AL – Caixa postal 14

Estação Experimental

Biovertis Produção Agrícola Ltda.
Fazenda Andorinha, Rod. AL 220 s/n, KM 6,5,
São Miguel dos Campos, Zona Rural, AL, CEP 57180-000

Telefones

Sede

+55 11 2739.0500

 

17 de julho de 2019

Tijolo de plástico reciclado ajuda a sanar problema educacional

Por GranBio

Como fazer com que um problema ajude a solucionar outro? Pois é justamente isso o que acontece em Abidjan, maior cidade da Costa do Marfim. De um lado, 288 toneladas de lixo plástico produzidas diariamente em sua área metropolitana. De outro, um grande número de crianças sem ter onde estudar. Juntando uma coisa à outra, surgiu a ideia de construir salas de aula com tijolo de plástico reciclado.

A iniciativa se deu por meio de uma parceria entre o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a empresa social colombiana Conceptos Plásticos, especializada em transformar resíduos plásticos em materiais de construção.

Assim, foi erguida uma sala de aula modelo feita a partir de tijolo de plástico reciclado em uma escola de Gonzagueville, nas cercanias de Abidjan.

Crédito: Unicef/UN0250905/Dejongh
Na Costa do Marfim, sala de aula construída com tijolo de plástico reciclado

O objetivo da parceria é construir mais 30 dessas salas na Costa do Marfim em 2019. Afinal, um dos grandes desafios do país é diminuir o número de crianças fora do sistema escolar.

A escolaridade lá é obrigatória para quem tem entre 6 e 16 anos. Em contraste, mais de 2 milhões de crianças não estudam simplesmente por falta de salas de aula. Além disso, as que existem geralmente estão superlotadas, com mais de 100 alunos por classe.

Os temas publicados neste blog são de curadoria do presidente e CEO da GranBio, Bernardo Gradin.