Fale conosco

Nome *

Telefone

Empresa

E-mail *

Área *

Mensagem *

Repita o código de segurança ao lado *

captcha

Search
1
33.5
18.75
Atlanta, EUA

Sede (Corporativo):

GranAPI LLC
255 Lenox Rd, NE#750,
Atlanta, GA 30326, USA

 

Biorefinarias:

Unidade Thomaston
300 McIntosh Parkway
Thomaston, GA 30286, USA

Unidade Alpena
412 Ford Avenue
Alpena, MI 19707, USA

1
74.75
30.75
São Paulo, Brasil

Sede

GranBio Investimentos S.A.
Av. Brig. Faria Lima, 2277, 15º andar, Conjunto 1503, Jd. Paulistano,
São Paulo, SP, CEP 01452-000, São Paulo, SP
+55 11 2739-0500

1
65.75
32.375
Alagoas, Brasil

Planta Industrial

BioFlex Agroindustrial.
Faz. São João, s/n – Zona Rural
57.249-899 – São Miguel dos Campos – AL – Caixa postal 14

Estação Experimental

Biovertis Produção Agrícola Ltda.
Fazenda Andorinha, Rod. AL 220 s/n, KM 6,5,
São Miguel dos Campos, Zona Rural, AL, CEP 57180-000

Telefones

Sede

+55 11 2739.0500

 

20 de setembro de 2019

Turbina portátil permite carregar o celular com água ou vento

Por GranBio

Se, no meio do mato, alguém perguntar onde tem uma tomada para o smartphone, a resposta pode não ser um palavrão. Afinal, carregar o celular no meio do nada passa a ser uma alternativa viável com a Waterlily Micro Turbine.

Como o nome já indica, trata-se de uma turbina portátil que transforma as rajadas de vento ou o fluxo do rio em energia elétrica, armazenada em uma pequena bateria – e, a partir daí, funciona como carregador de aparelhos que se conectem a entradas USB.

Não pense que vai ser necessário um vendaval, um furacão ou uma megacorrenteza para que o celular “renasça”. A Waterlily (vitória-régia em português) opera com uma brisa de pouco mais de 10 quilômetros por hora ou uma água que corra a pouco mais de 1 km/h, tanto durante o dia como à noite, já que independe da luz solar. São duas entradas USB, configuradas em 5V ou 12V.

As forças da natureza também carregam smartphones. Crédito: Divulgação

Embora o cabo que acompanhe a turbina tenha menos de 4 metros de comprimento, os fabricantes asseguram que ela pode ser acionada a até 11 m de profundidade.

Aí, das duas, uma: ou você leva uma extensão aonde quer que vá ou seu celular tem de ser à prova d’água – sem contar a necessidade de uma máscara de mergulho.

A Waterlily está à venda por US$ 159 (o equivalente a R$ 600).

→ Os temas publicados neste blog são de curadoria do presidente e CEO da GranBio, Bernardo Gradin.